Blog

Porque o ambiente comportamental é tão importante nas empresas?

Nos dias de hoje o que mais tem se comentado é o nível de estresse nas organizações, de cada dez trabalhadores, três pelos menos sofrem de esgotamento mental intenso causado por pressões no trabalho.

Um levantamento da International Stress Management Association (Associação Internacional do Controle do Estresse) aponta o Brasil como o segundo país do mundo com o maior nível de estresse organizacional.

Em um ambiente tóxico, contaminado pela cultura negativa da organização, o rendimento dos empregados fica comprometido, aquém de metas e parâmetros esperados como bons resultados e muitas vezes isso se reflete nas decisões tomadas em âmbito gerencial. Mas como contornar isso?

Muitas vezes as empresas deixam a cargo da área de Gestão de Pessoas ou Rh, como quiser chamar, a responsabilidade por elaborar programas ou treinamentos que trabalhem a mudança da cultura organizacional, na ilusão de que essa área domina o ambiente todo ou possa sozinha afetar todas as demais áreas.

Engano! Para poder tornar o ambiente em um motivador para a o desenvolvimento dos profissionais e a melhora no comportamento humano, incentivando a busca pelo aprimoramento, é fundamental realizar a conscientização em primeiro lugar da alta gestão e todos os demais gestores das áreas, para somente depois estabelecer programas que sejam permanentes e vigilantes de uma boa saúde mental e organizacional.

Atenção!

Se a sua empresa apresenta uma alta rotatividade, perda de capital intelectual ou absenteísmo elevado, baixa produtividade, reuniões exaustivas que não trazem resultados e com conflitos entre áreas ou pessoas, cuidado!

Isso pode ser um sinal de que a sua empresa está sofrendo com um ambiente organizacional tóxico.

Este é o momento para repensar e fazer diferente!

Voltar

 

Compartilhe no WhatsApp